II Fórum Urgência e Cuidados Intensivos

Auditório da Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade do Porto

13 e 14 de Abril de 2012

FICHA DE INSCRIÇÃO

TEMAS PRINCIPAIS
O impacto da equipa de emergência intrahospitalar
O que os profissionais aprendem com os doentes? – Consulta de Follow Up
Desafios em Cuidados Intensivos: Que intervenções de Enfermagem?
Gestão e liderança em Cuidados à Pessoa em Situação Crítica
A problemática da Síndrome de Burnout nos profissionais de saúde
Desenvolvimento Profissional nas áreas da Urgência e Cuidados Intensivos

 

ENQUADRAMENTO
A prestação de cuidados de enfermagem ao doente crítico em contexto de urgência e cuidados intensivos exige uma formação estruturada e organizada, de modo a desenvolver competências específicas, para que o planeamento das práticas de trabalho em situação crítica tenha a máxima eficácia e eficiência.
Tendo em conta estes aspectos, a avaliação e abordagem do doente crítico requer um atendimento em equipa multiprofissional, em que cada elemento deve saber o seu plano de actuação, em perfeita sintonia e integração com a metodologia de atendimento correcta para uma abordagem e ressuscitação da pessoa em situação crítica nos referidos contextos.
Porque as competências em reanimação, fora dum contexto de prática regular, diminuem com o tempo, os profissionais destes serviços necessitam actualizar com frequência os conhecimentos e capacidades desenvolvidas nesta área.
Assim, em articulação com o 2º Curso de Pós-Graduação de Enfermagem em Cuidados Intensivos (2º CPGECI), este 2º FÓRUM pretende contribuir para o desenvolvimento de competências na avaliação e intervenção clínica em doente críticos nos domínios da Urgência e Cuidados Intensivos.
A Comissão Científica organizou um programa variado e abrangente, com a presença dos mais conceituados experts nacionais e serão abordados temas pertinentes e actuais e trocadas experiências, entre profissionais de saúde com interesses e experiência nestes domínios.
Este programa será complementado por vários workshops de sensibilização e formação específica dos profissionais de saúde, para os problemas do doente crítico urgente e em cuidados intensivos.
Este é também o fórum ideal para apresentação de trabalhos livres sobre o doente crítico, pelo que aguardamos que as comunicações e posters contribuam para o nível do FÓRUM.

 

OBJECTIVOS
- Reflectir sobre experiências de equipas de emergência intrahospitalar;
- Analisar os benefícios da informação fornecida pelos doentes seguidos em consulta de follow-up
- Analisar as Intervenções de Enfermagem autónomas e Interdependentes
- Relacionar a aplicação de protocolos de dor e sedação e complicações respiratórias
- Aprofundar conhecimentos sobre a problemática do Burnout nos profissionais de saúde
- Conhecer as orientações sobre o desenvolvimento profissional dos enfermeiros nas áreas da Urgência e Cuidados Intensivos

 


 


PROGRAMA

Dia 13 – 6ª Feira

9.00h - Sessão de Abertura


9.30h - Mesa RedondaO impacto da equipa de emergência intrahospitalar
Moderador: Mª José Lage - Enfermeira, CHP-H. Sto António (Porto)

Equipa de Emergência Intra-Hospitalar no Centro Hospitalar do Porto – Manuel Saraiva – Enfermeiro Especialista, CHP-H. Sto António (Porto)
Equipa de Emergência Intra-Hospitalar no Hospital S. João - Patrícia Gaspar – Enfermeira Coordenador da EMI do H. S. João, EPE (Porto)
Experiência de Hospital sem equipa de Emergência Intra-Hospitalar estruturada  - Pedro Costa - Enfermeiro Especialista, S. Urgência, CHTS-U. H. Padre Américo, (Penafiel)
    
10.30h – Cofee Break

10.45h - Mesa Redonda: O que os profissionais aprendem com os doentes? – Follow up em Cuidados Intensivos
Moderador: Clara Vital - UCI, C. Cardiotorácica, CHLC-H. St. Marta, EPE (Lisboa)

Follow up do Hospital Pedro Hispano - Carla Ferreira – Enfermeira, S. Medicina, ULS-H. Pedro Hispano (Matosinhos)
Follow Up do Hospital St Marta - Helena Lima - Enfermeira, UCI, C. Cardiotorácica, CHLC-H. St. Marta, EPE (Lisboa)
Vivências de um doente internado em Cuidados Intensivos - Bruno Teixeira


13.00h - Almoço

14.15h - Mesa Redonda - Desafios em Cuidados Intensivos: Que intervenções de Enfermagem?
Moderador: Clotilde Bento - Enfermeira, UCI, C. Cardiotorácica, CHLC-H. St. Marta, EPE (Lisboa)

Na ventilação do doente em decúbito ventral  - Pedro Rodrigues – Enfermeiro, Unid. Doenças Infeciosas, H. S. João (Porto)
Na indução de hipotermia – João Silva - Enfermeiro, UCIP, CHP–H. St. António (Porto)
Circulação extra-corporal (ECMO) - Grupo ECMO, Hospital S. João (Porto)
Erro em Cuidados Intensivos: análise e intervenções - Ana Manso – Enfermeira, UCI, C. Cardiotorácica, CHLC-H. St. Marta, EPE (Lisboa)

16.00h - Cofee Break

16.15h - Mesa Redonda - Gestão e liderança em Cuidados à Pessoa em Situação Crítica
Moderador: Fernando Amaral - Enfermeiro, ESEnfC (Coimbra)

Importância da utilização de indicadores – José António Pinho - Enfermeiro, UCI-1, CHP-H. S. António (Porto)
Importância da utilização de instrumentos de gestão (TISS 28): a realidade portuguesa  – Acácio Bernardino - Enfermeiro, UCI-1, CHP-H. S. António (Porto)
A liderança na gestão de cuidados - Celinia Antunes (Enfermeira, Esp. MC, UCCI, CHUC-HUC (Coimbra)

 

Dia 14 – Sábado

9.30h – Mesa Redonda  - A problemática da Síndrome de Burnout nos profissionais de saúde
Moderador: Paulo Queirós - Enfermeiro, ESEnfC (Coimbra)

 Nos cuidados Intensivos - Carla Teixeira – Médica, UCIP, CHP – H. St. António (Porto)
 Contributo dos cuidados paliativos para os intensivos - Ana Paula Nunes - ESSaúde Cruz Vermelha Portuguesa (Lisboa)

10.30h – Cofee Break

11.00h - Mesa Redonda - Desenvolvimento Profissional nas áreas da Urgência e Cuidados Intensivos
Moderador: José António Fraga - CHP - H. Sto. António (Porto)

Ordem dos Enfermeiros – Colégio de Especialidade de Enfermagem Médico-Cirúrgica - A designar
Associação Portuguesa de Enfermeiros de Urgência (APEU) - Enfª Alzira Moreira – Presidente da APEU (Porto)
Sociedade Portuguesa Cuidados Intensivos (SPCI) - José António Pinho - Vice-Presidente SPCI (Porto)

 


 


WORKSHOPS PÓS FÓRUM
Inscrição: Assinantes SV: 10,00 euros; Não Assinantes: 15,00 euros (acresce ao preço de inscrição no Fórum)
Inclui: participação no workshop; documentação; certificação autónoma
Seleção de participantes: por ordem de inscrição
Data limite de inscrição: 10 de Abril de 2012
Duração: 3 horas

 

Workshop 1 - CINESITERAPIA EM CUIDADOS INTENSIVOS - POSICIONAMENTOS
Formadores: Fatima Silva e Manuel Saraiva (Enfermeiros Especialistas em Enf. Reabilitação)
Objectivos:
Metodologia: Teórica e prática
Limite mínimo de inscrições: 8 formandos
Limite máximo de inscrições: 12 formandos
Dia: 14.02.2012
Horário: 14.30-17.30h

 


 

CANDIDATURAS A COMUNICAÇÕES LIVRES
Podem candidatar-se à apresentação de RESUMOS, Enfermeiros e outros Profissionais de Saúde desde que licenciados ou ainda Estudantes de Licenciatura de Enfermagem e de Pós-Graduações (Cursos de Pós-Licenciatura/Mestrados/Doutoramentos e outras).
Esta actividade formativa pretende proporcionar a partilha de diferentes projectos os quais, por desconhecimento ou opção de programa não contemplados. A organização pretende abrir espaço a comunicações orais e apresentação de posters, que permita a concretização deste objectivo.

ÂMBITO:
Podem candidatar-se à apresentação de trabalhos, Enfermeiros e outros profissionais de saúde desde que licenciados ou ainda Estudantes de Licenciatura de Enfermagem e de Pós-Graduações (Cursos de Pós-Licenciatura / Mestrados / Doutoramentos e outras) e que tenham desenvolvido projectos relacionados com as áreas da Urgência e/ou dos Cuidados Intensivos.

REGULAMENTO:
Os Enfermeiros, Estudantes e outros Profissionais de Saúde podem candidatar-se com:
Comunicações Orais e/ou Posters;
1. Os trabalhos candidatos terão de ser originais e realizados no âmbito dos temas já referidos;
2. Os Enfermeiros, Estudantes e outros Profissionais de Saúde podem candidatar-se à apresentação de trabalhos individualmente ou em grupo, não podendo ultrapassando os cinco elementos por cada candidatura;
3. Todos os elementos que constituem o grupo têm estar inscritos no Fórum à data da selecção dos resumos;
a) Os resumos devem ser enviados até às 24 horas dia 2 de Abril de 2012;
b) Os candidatos serão informados em www.sinaisvitais.pt , sítio do Fórum, da decisão do Júri no dia 8 de Abril a partir das 19 horas;
4. Os resumos de candidatura a apresentação de posters  e comunicações orais  devem conter as seguintes condições:
a)  Nome completo do(s) autor(es), morada, e-mail e contacto do 1º autor;
b) No máximo de 250 palavras, onde apresente: breve introdução, objectivos, metodologia, desenvolvimento, conclusões e bibliografia – conforme modelo disponível em www.sinaisvitais.pt  
c) Devem ser enviados por e-mail.
d) Terão preferência na selecção e na avaliação final os trabalhos que apresentem experiências de serviços e de cuidados e os que apresentem dados empíricos;
5. Características a atender na elaboração e apresentação de  Posters e Comunicações Orais:


A) PÓSTERS:
- O texto deve ser visível;
- As dimensões devem ser no máximo de 120/80 cm, impresso na vertical;
- Ser impresso em Plotter;
- Serão afixados no átrio do Auditório, entre as 9.00 e as 10.00 horas do dia 13 de Março só podendo ser levantados a partir das 12.00 horas do dia 14 de Abril de 2012;
- Serão objecto de apresentação junto ao Poster aos elementos do Júri e hora definida quando do lançamento da selecção dos resumos.


B – COMUNICAÇÕES ORAIS
- São apresentadas em salas paralelas perante um Júri e assembleia;
- Os candidatos dispõem de 10 minutos para apresentar a comunicação, dispondo de mais 5 minutos para responder a questões colocadas pela assembleia e pelo Júri;
6. Critérios de avaliação dos Posters e Comunicações Orais a utilizar pelo Júri:
a) Concordância com as características divulgadas para a elaboração do Poster e comunicações orais;
b) Enquadramento; Criatividade; Inovação; Interesse para a Saúde;
c) Conteúdo Cientifico relevante;
d) Metodologia utilizada;
7. Deliberações
a) A deliberação sobre os casos omissos, a que o presente regulamento não dê resposta, será da responsabilidade da Comissão Cientifica.
b) Os candidatos devem aceitar as condições exigidas pela organização, não havendo lugar a reclamações;
c) Os prémios terão que ser levantados no sábado, dia 14/03/2012, até às 13 horas, perdendo-lhe o direito se não o reclamar
d) Os prémios deverão ser utilizados/usufruídos no prazo máximo de três meses após a realização deste evento.

MODELO DE RESUMO PARA POSTER/ C. ORAL - Preencher e enviar para Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
 

INCENTIVOS:
1 - Serão certificados todos os trabalhos aceites e apresentados (comunicação oral ou poster), por ordem de avaliação;
2 - Há seis prémios em disputa, três para cada tipo de comunicação livre (comunicação oral e poster):

1º prémio: € 60 em produtos Formasau (frequência de cursos, livros e assinatura de revistas)
2º prémio: € 40 em produtos Formasau
3º prémio: assinatura da Revista Sinais Vitais por um ano, no valor de € 31.
4º prémio: Menção honrosa

Os prémios terão que ser levantados no sábado, dia 14/04/2012, até às 13 horas, perdendo o direito se não o reclamar.

 

 


 


Comissão Científica
Ana Raquel Silva – UCIP, CHP-H. Sto. António (Porto)  
António F Amaral – ESEnfC (Coimbra)
Carlos Margato – CHUC-HUC (Coimbra)
Celínia Antunes – UCCI, CHUC-HUC (Coimbra)
Clara Vital –UCI Cir. Cardiotorácica, CHLC-H. Sta Marta (Lisboa)
Clotilde Bento – UCI Cir. Cardiotorácica-H. Sta. Marta (Lisboa)
Mª José Lage – CHP -H. Sto. António (Porto)
Luis Oliveira – ESEnfC (Coimbra)
Paulo Joaquim P. Queirós – ESEnfC (Coimbra )

Comissão Organizadora
Ana Raquel Silva  – UCIP, CHP-H. Sto. António (Porto)  
Arménio Cruz – ESEnfC (Coimbra)
Mª José Lage – CHP -H. Sto. António (Porto)
Mª Jesus Moreira  – CHP-H. Sto. António (Porto)
João Petetim Ferreira – CHUC-HUC (Coimbra)

Normal 0 21 false false false PT ZH-TW X-NONE

B – COMUNICAÇÕES ORAIS

- São apresentadas em salas paralelas perante um Júri e assembleia;

- Os candidatos dispõem de 10 minutos para apresentar a comunicação, dispondo de mais 5 minutos para responder a questões colocadas pela assembleia e pelo Júri;

6. Critérios de avaliação dos Posters e Comunicações Orais a utilizar pelo Júri:

a) Concordância com as características divulgadas para a elaboração do Poster e comunicações orais;

b) Enquadramento; Criatividade; Inovação; Interesse para a Saúde;

c) Conteúdo Cientifico relevante;

d) Metodologia utilizada;

7. Deliberações

a) A deliberação sobre os casos omissos, a que o presente regulamento não dê resposta, será da responsabilidade da Comissão Cientifica.

b) Os candidatos devem aceitar as condições exigidas pela organização, não havendo lugar a reclamações;

c) Os prémios terão que ser levantados no sábado, dia 14/03/2012, até às 13 horas, perdendo-lhe o direito se não o reclamar

d) Os prémios deverão ser utilizados/usufruídos no prazo máximo de três meses após a realização deste evento.

A ficha de inscrição no fórum assim como o modelo de candidatura a comunicação oral e/ou poster estão disponíveis em www.sinaisvitais.pt, ou serão enviadas a quem as solicitar através do e-mail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. . Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar