Simpósio Nacional Para além da EMERGÊNCIA

SIMPÓSIO NACIONAL PARA ALÉM DA EMERGÊNCIA
26 e 27 de Maio de 2017
Auditório do Metropolitano de Lisboa, Estação do Alto dos Moinhos, Lisboa

FICHA DE INSCRIÇÃO

COMUNICAÇÕES LIVRES

JUSTIFICAÇÃO:
Emergência significa acontecimento inesperado, situação de gravidade excecional que obriga a tomar providências apropriadas. É uma constatação de condições de saúde, que implicam risco de vida que exigem tratamento adequado e imediato, que inclui conhecimentos e técnicas inovadoras, programas e protocolos de atendimento conforme a situação em causa.
É com base nestes pressupostos que realizamos o Simpósio Nacional: Para além da EMERGÊNCIA.
No programa deste simpósio, contamos com peritos nas diferentes temáticas abordadas, que com os seus testemunhos na primeira pessoa enriquecerão o nosso programa científico.
Contamos ainda com a experiencia e colaboração de todos os congressistas, na elaboração e apresentação de comunicações livres e pósteres.

CURSOS PRÉ E PÓS CONGRESSO - sujeito a nº mínimo de inscritos e com incrições limitadas
Dia 25/05
1. Curso de Suporte Imediato de Vida
2. Curso de SBV DAE
3. Curso de Via Aérea Avançada para Enfermeiros
Dia 27/05 (à tarde, pós congresso)
4. Curso de SBV

5. Curso de Transporte de Doente Crítico

SEXTA-FEIRA, 26 DE MAIO DE 2017
8.30h – Abertura do secretariado
9.00 – SESSÃO DE ABERTURA - Prof. António Amaral, Enfº Carlos Margato, Enfº António Costa
9.15/10.15h – MESA REDONDA I: NOVOS TRATAMENTOS/INOVAÇÕES
Moderador: Nuno Almeida, Enfermeiro do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra
ECMO (OXIGENAÇÃO POR MEMBRANA EXTRACORPÓREA) - Mário Branco, Enfermeiro do Hospital São João e da VMER S. João

ANGIOPLASTIA TRANSLUMINAL PER CUTÂNEA NO AVC - Gustavo Santos, Neurologista, coordenador da Unidade de AVC do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra
DADOR DE CORAÇÃO PARADO - Drª Ana França, Médica, Coordenadora Nacional da Transplantação do IPST, IP

10.15/10.45h – Coffee break

10.45/11.45h – CONFERÊNCIAS: ENFERMEIROS PORTUGUESES PELO MUNDO (CULTURAS, RELIGIÕES, SOCIEDADES E PAÍSES DIFERENTES)
Moderador: António Costa, Enfermeiro do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra

Conferência 1 – A EXPERIÊNCIA DE UM ENFERMEIRO PORTUGUÊS NUM BLOCO OPERATÓRIO DE TRAUMA EM OXFORD, REINO UNIDO - João Carlos Amaral Ribeiro, Enfermeiro
Conferência 2 – A EXPERIÊNCIA DE UM ENFERMEIRO PORTUGUÊS NUM PAÍS MUÇULMANO - Cátia Gomes, Enfermeira
Conferência 3 – A EXPERIÊNCIA DE UM ENFERMEIRO PORTUGUÊS NUM SUBDESENVOLVIDO - Joana Sá, Enfermeira
11.45/12.00h – Coffee break

12.00/12.45h – CONFERÊNCIA 4: CATÁSTROFES PELO MUNDO: EXPERIÊNCIA NA PRIMEIRA PESSOA - Pedro Correia, Médico do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra
12.45/14.00h – Almoço Livre

14.00/14.45h – CONFERÊNCIAS: SIMULAÇÃO BIOMÉDICA
Conferência 5 – SIMULAÇÃO BIOMÉDICA EM PORTUGAL - Francisco Matos, Anestesista do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra
Conferência 6 – A SIMULAÇÃO NO ENSINO DE ENFERMAGEM - Rui Batista, Professor ESEnfC
14.45/15.00h – Coffee break

15.00/16.00h – MESA REDONDA 2: REANIMAR SEMPRE? 
Moderador: Carlos Margato, Enfermeiro do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra
Tiago Amaral, Enf. da Urgência do Hospital de São José e da Vmer de São José
Sérgio Diodato - Prof. Director da Escola de Enfermagem (Lisboa, ICS - Universidade Católica Portuguesa)

16.00/18.00h – COMUNICAÇÕES LIVRES
18.00h – Encerramento do 1º dia

SÁBADO, 06 DE MAIO DE 2017
8.45h – Reabertura do secretariado
9.00/13.00h – MESA REDONDA 3: VIOLÊNCIA DOMÉSTICA, QUE RESPOSTAS? 
Moderador: António Veiga, Enfermeiro do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra
-Das forças de Segurança: PSP - Maria Aurora Dantier, Subcomissária
- Da Sociedade: APAV - Dr. Daniel Cotrim; UMAR – Drª Maria Bibas
-Da Saúde: Centro Hospitalar Barreiro/Montijo - Enfª Rosa Pantaleão; CHUC – Enfº António Veiga
-Projecto (O) Usar e ser Laço Branco - Enfª Telma Vidinha

13.00/13.15h – Sessão de encerramento


CURSOS DE FORMAÇÃO:
Pré e Pós congresso, sujeitos a número mínimo de inscritos e com inscrições limitadas. Todos os cursos estão sujeitos a avaliação e têm direito a certificação autónoma

Dia 25 de Maio de 2017

CURSO DE SUPORTE IMEDIATO DE VIDA
Duração: 6 horas

Horário: 11:00 às 13:00 e das 14:00 às 18:00h
Programa:
Apresentação e contextualização
Cadeia de Sobrevivência
Algoritmo de SBV com DAE
Algoritmo de SAV
Bancas práticas de SIV
Avaliação teórico-prática de SIV
Segurança durante o transporte

CURSO DE SUPORTE BÁSICO DE VIDA COM DAE
Duração: 6 horas

Horário: 11:00 às 13:00 e das 14:00 às 18:00h
Programa:
Apresentação e contextualização

Cadeia de Sobrevivência
Algoritmo de SBV com DAE
Bancas práticas de SBV DAE
Avaliação teórico-prática de SBV DAE

CURSO DE VIA AÉREA AVANÇADA PARA ENFERMEIROS
Duração: 6 horas
Horário: 11:00 às 13:00 e das 14:00 às 18:00h
Programa:
Apresentação e contextualização

Anatomia Fundamental da Via Aérea
Avaliação da Via Aérea
Preditores de Via Aérea Difícil
Algoritmo da abordagem da Via Aérea
Via aérea básica
Principais dispositivos supraglóticos: máscara laríngea, máscara laríngea de gel, fastrach, tubo laríngeo, combitubo
Laringoscópio e diferentes lâminas, alternativas.
Tubos traqueais.
Principais dispositivos alternativos e auxiliares: Guia (mandril), Fova, Bougie Airtrach.
Dispositivos Translaríngeos
Workshops VAD:, Dispositivos Supraglóticos, Dispositivos Translaríngeos e Técnicas Transcutâneas
Simulação

Dia 27 de Maio de 2017

CURSO DE SUPORTE BÁSICO DE VIDA
Duração: 4 horas

Horário: 14:00 às 18:00h
Programa:
Apresentação e contextualização

Cadeia de Sobrevivência
Algoritmo de SBV
Bancas práticas de SBV
Avaliação teórico-prática de SBV

CURSO DE TRANSPORTE DO DOENTE CRÍTICO
Duração: 4 horas
Horário: 14:00 às 18:00h
Programa:
Apresentação e contextualização

História do Transporte de doentes
Legislação sobre transporte de doentes
Vantagens e desvantagens de cada tipo de transporte
Transporte do doente crítico
Transporte intra e inter - hospitalar
Princípios gerais na mobilização e imobilização para transporte do doente crítico
Profissionais que acompanham o doente e sua formação
Equipamento que acompanha o doente
Monitorização durante o transporte
Segurança durante o transporte


REGULAMENTO DE COMUNICAÇÕES ORAIS/POSTERS

Os posters/comunicações orais devem ser originais e versar a área temática do Evento.
Aceitam-se trabalhos de reflexão, pesquisa bibliográfica, estudos de investigação, projectos de intervenção;
Podem ser elaborados individualmente ou em grupo, tendo o grupo o máximo 5 elementos;
Os autores e co-autores devem estar todos inscritos no Evento à data da recepção dos resumos, caso contrário os trabalhos não serão aceites;
Os candidatos admitidos serão informados por correio electrónico.
Os resumos devem conter:
Entre 400 a 600 palavras, dactilografadas em letra Arial, tamanho 12 e espaço simples;
O nome completo do (s) autor (es) e a morada, contacto telefónico e correio electrónico de um do (s) autor (es);
Título em letras maiúsculas e sem abreviaturas; os autores e co-autores perfazendo o máximo de 4 (referindo o prelector); introdução; objectivos; desenvolvimento; metodologia; conclusão e referências bibliográficas;
Os resumos das comunicações orais devem especificar os recursos previstos para a apresentação;
Devem ser enviados até ao dia 10 de Maio de 2017 por correio electrónico para Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Requisitos dos posters:
O texto deve ser visível a 1,5 metros de distância;
Conter preferencialmente figuras, fotografias e gráficos;
As dimensões devem ser no máximo 80/100 cm (na vertical);
Conter referências bibliográficas.
MODELO DE RESUMO - enviar por email para Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Apresentação oral dos posters seleccionados:
A apresentação não pode exceder os 5 minutos sendo efectuada apenas por um dos autores, cuja identificação deve ser indicada no resumo.
Os pósteres impressos devem ser entregues no secretariado no dia 26 de Maio durante o período da manhã e levantados no dia 27 de Maio a partir das 12 horas.
Requisitos das comunicações orais:
A apresentação das comunicações orais não pode exceder 10 minutos, sendo efectuada apenas por um dos autores, cuja identificação deve ser indicada no resumo.
Ao prelector será passado o certificado e aos restantes elementos do grupo será atribuído certificado de co-autor.
MODELO DE RESUMO - enviar por email para Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

A avaliação dos posters/ comunicações orais será feita por um júri atendendo aos seguintes critérios:
Concordância com o regulamento;
Relevância do conteúdo científico;
A adequação da metodologia utilizada;
Resultados obtidos e contributos para a comunidade.
Incentivos:
Serão certificados todos os posters / comunicações orais;
Será atribuído prémio ao poster / comunicação oral classificado/a em 1º lugar;
Será atribuída menção honrosa ao poster / comunicação classificado/a no 2º e 3º lugar;
Os prémios dos trabalhos premiados só podem ser atribuídos aos autores que estejam presentes.


 

LOCALIZAÇÃO

O Auditório é na Estação Alto dos Moinhosstação Alto dos Moinhos (Linha Azul) do Metropolitano de Lisboa,  sita à Rua João de Freitas Branco, sob o Viaduto da Av. Lusíada.

A entrada faz-se pelo átrio da estação Alto dos Moinhos.

Coordenadas GPS: 38.749599, -9.179967


COMISSÃO CIENTÍFICA
Carlos Margato – CHUC
Fernando Amaral – ESEnfC
Grupo Reanimasau:
Ana Rute Rodrigues – BVC
Luís Pereira - CHUC
André Lucas – CHUC
Maria João Tomás - CHUC
António Costa – CHUC
Nuno Almeida – CHUC
António Veiga – CHUC
Pedro Matos - CHUC
Dionísio Pratas - CHUC
Ricardo Conceição - CHUC

COMISSÃO ORGANIZADORA
Carlos Margato – CHUC
Fernando Amaral – ESEnfC
Rui Margato – CHUC
João Petetim - CHUC
Grupo Reanimasau:
Ana Rute Rodrigues – BVC
Luís Pereira - CHUC
André Lucas – CHUC
Maria João Tomás - CHUC
António Costa – CHUC
Nuno Almeida – CHUC
António Veiga – CHUC
Pedro Matos - CHUC
Dionísio Pratas - CHUC
Ricardo Conceição - CHUC