X CONGRESSO INTERNACIONAL DE GESTÃO DE FERIDAS COMPLEXAS

 

 

feridas19

 
 
       
 
          
      
   
 
   
 

 
   
   
 bbraun

X CONGRESSO INTERNACIONAL DE GESTÃO DE FERIDAS COMPLEXAS

23 e 24 de Maio de 2019 
FICHA DE INSCRIÇÃO
INSCRIÇÃO - 37.5€

Comunicações orais

Pósteres

Este Congresso celebra 10 anos Feridasau: 10 a (re)construir saber.
Feridasau assume uma posição consolidada na dinamização da formação sobre a prevenção e tratamento de feridas em Portugal, e no encorajamento de iniciativas conjuntas, integradas entre os diferentes grupos/associações ligados a esta área. Este ano contamos com o Clube de Compressão, APDP, GAIF, ELCOS, APTF, e apoio das Instituições de Ensino Superior.
"Tratar feridas é dispendioso", verdade conhecida, mas pautada de alguns vieses, pois o que torna um tratamento mais oneroso é o parco conhecimento, que inclusive coloca em risco a segurança da pessoa. Vamos continuar nesta trajetórica de (re)construção de saberes nesta área vasta, complexa, imersa em especificidades e unicidades...

PROGRAMA

DIA 23 DE MAIO, QUINTA-FEIRA
9.00 - Abertura do secretariado e entrega de documentação
9.15- 10.00 - Sessão de abertura - FERIDAS EM PORTUGAL: PENSAR OS PRÓXIMOS 10 ANOS
Carlos Margato, Feridasau; Filipe Gomes, Elcos; Paulo Alves, Associação Portuguesa de Tratamento de Feridas (APTF)

10.00-11.15 – MESA REDONDA 1ABORDAGEM PLURIDIMENSIONAL NA PESSOA COM FERIDA COMPLEXA
Moderador: Elsa Menoita, FERIDASAU
BIOÉTICA NO TRATAMENTO DE FERIDAS - Lucília Nunes - Instituto Politécnico de Setúbal
EFICÁCIA DE SUPLEMENTOS NUTRICIONAIS NO TRATAMENTO DE FERIDAS COMPLEXAS, EMPIRISMO OU EVIDÊNCIA? – Diana Mendes, CHULC, Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa
DOR E SUA GESTÃO LOCAL NO AMBIENTE DA FERIDA COMPLEXA - Paulo Reis Pina - UCP Casa de Saúde da Idanha, Sintra; UCP - domus fratérnitas, Braga; Faculdade de medicina da Universidade de Lisboa

11.15 – 11.45 – Coffee Break

11.45 - 12.15 - CONFERÊNCIA 1 - SISTEMA FECHADO DE IRRIGAÇÃO PULSADA - Enfº Paulo Alves (APTF) Apoio DisProMedi

12.15 – 12.45 - CONFERÊNCIA 2 - SISTEMA DE COMPRESSÃO COESIVO DE DOIS COMPONENTES COM INDICADOR VISUAL NOMINAL DE COMPRESSÃO – COFLEX TLC: TESTES DE PRESSÃO SUBSISTEMA EM REPOUSO E EM TRABALHO. CASOS CLÍNICOS - Manuel Cruz, Enfermeiro - Apoio Queenlabs

12.45 - 13.15h - CONFERÊNCIA 3 - PROCESSO DOCUMENTAL: FOTOGRAFIA CLÍNICA EM FERIDAS - Nuno Correia, Grupo Associativo de Investigação em Feridas (GAIF)

13. 15 – 14.30 – Intervalo - Almoço Livre
14.30 – 15.00 – CONFERÊNCIA 4 - A RELAÇÃO TERAPÊUTICA COMO INSTRUMENTO DE ADESÃO À TERAPIA COMPRESSIVA: CONTRIBUTO DA PROGRAMAÇÃO NEUROLINGUÍSTICA - Nuno Correia, Grupo Associativo de Investigação em Feridas (GAIF)

15.00- 15.30 – Rolleplaying - M.O.I.S.T. – O NOVO CONCEITO PARA OPTIMIZAÇÃO DO AMBIENTE DAS FERIDAS COMPLEXAS - Elsa Menoita, Feridasau & Rita Cigarro, Hospital de S. João de Deus de Montemor-o-Novo 

15.30 - 16.00 – CONFERÊNCIA 5 - INFEÇÃO E ANTISETICOS: UPDATE - CONSENSO DE 2018 - Paulo Ramos, Associação Portuguesa de Tratamento de Feridas (APTF)

16.00 - 16.30 – Coffee Break

16.30 - 17.50 - MESA REDONDA 2 - O QUE (NÃO) SABEMOS?
Moderador: Helga Rafael, ESEL
IMPORTÂNCIA DO EXSUDADO E SUA GESTÃO  - Vítor Santos, Feridasau, Clube da Compressão
PREVENÇÃO E TRATAMENTO DA INFEÇÃO… DO LOCAL CIRÚRGICO - Ester Malcato, APTF
EPIBOLE: FISIOPATOLOGIA, COMO PREVENIR E TRATAR  - Rui Silva, GAIF
ABORDAGEM DIFERENCIAL: CICATRIZES HIPERTRÓFICAS E QUELÓIDES - Raquel Gomes, CHULC

17. 30 – 18.00 - COMUNICAÇÕES LIVRES
18.15 – Fim dos trabalhos do 1º dia


DIA 24 DE MAIO, SEXTA-FEIRA

9.00 - Abertura do secretariado

9.15 - 09.45 - CONFERÊNCIA 6 - INDICADORES E SCLINICO - Jorge Martins, SPMS

9.45 – 10.15 - CONFERÊNCIA 7 - DERMATOSES PARASITÁRIAS - ESCABIOSE, LEISHMANIOSE E ESPOROTRICOSE - Marco Carvalho - CHULC

10.15 – 10.45 – CONFERÊNCIA 8 - FERIDAS EM ONCOLOGIA:  MALIGNAS, CIRÚRGICAS E RADIODEMITES  - Helena Vicente, IPO Lisboa

10.45 – 11.15 – Coffee Break
11.15 – 11.45 - DEMONSTRAÇÃO PRÁTICA - TERAPIA COMPRESSIVA: OFICINA PRÁTICA - Manuel Esteves Cardoso - CHULC, Associação de jovens diabéticos de Portugal

11.45 – 12.15 – CONFERÊNCIA 9 - O PH DAS FERIDAS E SUA INFLUÊNCIA NA GESTÃO DAS CARGA PROTEÁSICA E (MICRO)BIOLÓGICA – OPÇÕES TERAPÊUTICAS - Elsa Menoita, FERIDASAU

12.15– 13.15 – Almoço Livre

13.15. 13.45 – CONFERÊNCIA 10 - LESÕES CUTÂNEAS RELACIONADAS COM ADESIVO MÉDICO MEDICAL ADHESIVE RELATED SKIN INJURY (MARSI) – 7 ENTIDADES - Paulo Ramos, APTF

13.45-15.15– MESA REDONDA 3 - ÚLCERA DE PERNA
Moderador: José de Manuel Mota, clube da compressão
PELE DO MEMBRO EM RISCO: SINAIS DE ALERTA - Vítor Santos, Feridasau, Clube da Compressão
QUE SISTEMAS DE COMPRESSÃO PARA O TRATAMENTO? - Carlos Cancela, Elcos, Clube da Compressão
QUE SISTEMAS DE COMPRESSÃO PARA A PREVENÇÃO? - Manuel Cruz, Clube da Compressão
VIVER COM LINFEDEMA: SIM É POSSÍVEL! - Rita Marques, Cicatriz, Clube da Compressão

15. 15 – 15.45 – Coffee Break

15.45 – 17.30 MESA REDONDA 4 – PÉ DIABÉTICO: "FOCO NA PREVENÇÃO, EVITAR A CATÁSTROFE"
Moderador: Vítor Santos, Feridasau, Clube da Compressão
AVALIAÇÃO E MONITORIZAÇÃO DO PÉ DE RISCO - Raquel Cravinho, APDP
GERIR O PÉ DE ALTO RISCO: IMPORTÂNCIA DA PREVENÇÃO SECUNDÁRIA E TERCIÁRIA - Daniela Lima, APDP
DESAFIO NUTRICIONAL: DOENTE COM PÉ ULCERADO - Abigail Branco, Nutricionista, Unidade Integrada de Diabetes, CHO – Unidade das Caldas da Rainha  
CONTROLO METABÓLICO DA PESSOA COM PÉ ULCERADO - Joana Louro, Medicina Interna, Unidade Integrada de Diabetes, CHO – Unidade das Caldas da Rainha
LUZ AO FIM DO TÚNEL: CASOS CLÍNICOS - Carlos Mateus,  Elcos

17.30 – 18.00 – CONFERÊNCIA 11 - CONTROLO INFLAMATÓRIO EM QUEIMADOS - Frutuosa Buinho, Enfermeira CHLC & Elizabete Silva - Enfermeira CHLC

18.00 - Sessão de encerramento



APRESENTAÇÃO DE COMUNICAÇÕES LIVRES

A organização do X Congresso Internacional de Gestão de Feridas Complexas abre aos inscritos a possibilidade de se candidatarem à apresentação de Comunicações Livres em forma de Comunicações Orais e Posteres.
A intenção é permitir a participação activa dos inscritos no Congresso, com a divulgação de projectos, trabalhos científicos decorrentes da prática clínica, investigação e/ou formação.

Podem candidatar com este tipo de comunicação, Enfermeiros e outros profissionais de saúde desde que licenciados e estudantes (Cursos de Licenciatura), desde que tenham desenvolvido projectos relacionados com a temática do Congresso
Âmbito temático da candidatura: Tratamento de Feridas; Projectos de mudança na prática clinica; Prevenção de UPP; Gestão de projectos de Prevenção de UPP; Ensaios clínicos.
Podem candidatar-se: Enfermeiros, médicos, farmacêuticos e nutricionistas e Estudantes das mesmas disciplinas.
Princípios da candidatura: a candidatura processa-se através do envio do resumo (modelo próprio) de candidatura para Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. até dia 25 de Março de 2019, às 24 horas;
Os resumos devem ser conter:
• Nome completo do(s) autor(es), morada, e-mail e contacto do 1º autor; Nome completo dos restantes autores.
• No máximo de 900 palavras, onde apresente: breve introdução, objectivos, metodologia, desenvolvimento, conclusões e bibliografia – conforme modelo.
• Entre um (1) a seis (6) autores;
• Os autores inscritos no Congresso à data da selecção dos resumos.

Terão preferência na selecção e na avaliação final os trabalhos que apresentem experiências de serviços e experiências clínicas com resultados e os que apresentem dados empíricos.
A lista com os Pósteres e Comunicações Orais seleccionados pode ser consultada em www.sinaisvitais.pt, a partir de 10 de Abril de 2019.
Os Posteres devem impressos para apresentação num placard com 0, 80 m de largura e 1,20m de altura. Os Posteres têm 5 minutos de apresentação/discussão.
As comunicações orais terão 10 minutos para apresentação e 5 de discussão.

Prémios das melhores Comunicações Livres:
• € 150 (1º Prémio); €100 (2º Prémio); €50 (3º Prémio) em edições Formasau à escolha, atribuição de classificação e emissão de certificado.


COMISSÃO CIENTÍFICA
• Arménio Cruz – Revista de Investigação em Enfermagem
• Carlos Margato – Sinais Vitais, Formasau
• Elsa Menoita – Feridasau
• Fernando Amaral – Director da Revista Sinais Vitais
• Rui Margato – Sinais Vitais, Formasau
• Vitor Santos, Feridasau

COMISSÃO ORGANIZADORA
• Carlos Margato – Sinais Vitais, Formasau
• Elsa Menoita – Feridasau
• João Petetim Ferreira, Formasau
• Rui Margato – Sinais Vitais, Formasau
• Vitor Santos, Feridasau

SECRETARIADO
• Célia Pratas


COMO CHEGAR

Auditório Fórum Lisboa

38°44'38.4"N 9°08'17.3"W
38.744002, -9.138144