Categorias

Pesquisar na Loja

AUTOCUIDADO COMO CONCEITO CENTRAL DA ENFERMAGEM

PDFImpressãoEmail

Com envio CTT para 4,00 €
Preço base 14,00 €
Preço de venda com desconto
Preço Venda12,60 €
Desconto 1,40 €
Descrição
 AUTOR: Fernando Petronilho
EDITORA: FORMASAU
ANO: 2012
ISBN: 978 - 989 - 8296 - 17 -1
 

RESUMO

Este trabalho surge do nosso percurso de doutoramento em enfermagem, onde o fenómeno da transição do adulto para a dependência no autocuidado assume particular atenção, levando-nos à necessidade de refletir e aprofundar o conceito de autocuidado com base na evidência empírica disponível. Assim, pensámos ser útil organizar este trabalho como parte integrante de um estudo de maior dimensão e complexidade, com a convicção de tornar útil aos enfermeiros as sínteses e os resultados apresentados, uma vez que, em Portugal, não temos conhecimento de qualquer trabalho desta natureza acerca do fenómeno do autocuidado.

Numa primeira parte, referimo-nos ao autocuidado numa perspectiva concetual, com referência à Teoria de Enfermagem do Défice do Autocuidado de Orem. A opção por esta autora e por este marco teórico justifica-se pelo facto de ser amplamente utilizado e referenciado na investigação em enfermagem, quando o tema central dos estudos é o fenómeno do autocuidado. Assim, procedemos ao desenvolvimento dos conceitos centrais da teoria.

Numa segunda parte, utilizando a técnica da revisão sistemática da literatura como metodologia de investigação, apresentamos um conjunto de dados empíricos, sistematizados, sobre o fenómeno do autocuidado. Incluímos estudos realizados nos últimos 20 anos (entre 1990 e 2011), com recurso às bases de dados e utilizando o método PICOD para a seleção e apresentação dos estudos. Como resultado final, selecionámos e discutimos 58 estudos, a partir dos quais emergiram 3 temas centrais: 1) autocuidado como um recurso de saúde, 2) estilos de autocuidado e, 3) fatores determinantes do autocuidado.

Em anexos, para uma melhor compreensão, apresentamos uma tabela com a totalidade dos 58 estudos selecionados para a revisão da literatura produzida, com a descrição das sínteses informativas relativas a cada um dos estudos, onde fazemos referência a: nome do autor(s) do estudo, ano de publicação e país; participantes/amostra do estudo; objetivos do estudo; metodologia do estudo e instrumentos de medida aplicados e, finalmente, principais resultados do estudo.