New item
DAE
dgert
ordem

Informação e Qualidade do Exercício Profissional dos Enfermeiros

PDFImpressãoEmail
inf_qualid.jpginf_qualid.jpg
Com envio CTT para 3,50 €
Preço base 16,00 €
Preço de venda com desconto
Preço Venda16,00 €
Desconto
Descrição

Autor: Filipe Pereira
Editora: FORMASAU
Ano: 2009
ISBN: 978 989 8269 06 5

 

Nota introdutória (por Abel Paiva)

A investigação que está na base do livro que agora se publica situa-se no domínio da qualidade do exercício profissional dos enfermeiros, tomando por objecto de estudo a problemática dos Resumos Mínimos de Dados de Enfermagem (RMDE). Emergiu de um percurso de investigação… que teve por finalidade: definir e implementar um modelo de agregação de dados de enfermagem, que permitisse a produção de informação válida acerca do contributo dos cuidados de enfermagem para a saúde das populações.

O RMDE definido, o visa, fundamentalmente, dois propósitos:

  • Descrever necessidades e resultados sensíveis aos cuidados de enfermagem; e
  • Disponibilizar indicadores (concebidos como Sínteses Informativas) que se constituam como um recurso útil para os diferentes níveis da tomada de decisão, tendo por horizonte a melhoria contínua da qualidade do exercício profissional dos enfermeiros.

A natureza dos indicadores de Enfermagem desenhados serve aqueles dois propósitos. O modelo de agregação de dados construído incorpora requisitos de disponibilidade, fiabilidade, protecção e comparabilidade dos dados, para além de viabilizar a produção automática dos indicadores definidos, a partir dos dados documentados “à cabeceira do doente” e nos contactos no centro de saúde. Os conteúdos clínicos do RMDE definido organizam-se em torno de um “core” de áreas de atenção. Merecem destaque: as Actividades executadas pelo próprio, onde se inclui o Auto cuidado e a Adesão; a Aprendizagem (cognitiva e de capacidades); a Adaptação e o Tomar conta, conceito com o qual se relacionam a Parentalidade e o Papel de prestador de cuidados (Cfr. ICN, 2005).

Os conteúdos clínicos do RMDE relativos às dimensões Auto cuidado e Adesão, constituem os aspectos que com maior frequência surgem na documentação em uso. Da mesma forma, os elementos relativos à prevenção das Úlceras de Pressão, também assumem particular relevo. A preparação dos familiares para as actividades de Tomar conta, bem como a promoção da independência dos clientes no(s) Auto cuidado(s), representam aspectos que ainda se situam no âmbito dos modelos expostos, o que, sem dúvida, nos coloca perante desafios extremamente relevantes.