Simpósio Ventilação não Invasiva

Comunicações Orais Aceites/ Pósters Aceites

JUSTIFICAÇÃO

JUSTIFICAÇÃO

A Ventilação Não Invasiva (VNI) consiste num método de assistência/suporte ventilatório aplicado na via aérea do cliente através de máscaras faciais, nasais ou bucais, que funcionam como interface doente/ventilador em substituição do tubo endotraqueal. Estudos recentes evidenciam elevados benefícios no uso da VNI associada a patologias respiratórias agudas e crónicas (Insuficiência Respiratória, DPOC, doenças neuromusculares, deformações da caixa torácica, Síndrome de Apneia Obstrutiva do Sono). Estes apontam para uma diminuição da taxa de entubação orotraqueal, da taxa de mortalidade, do tempo de internamento hospitalar, bem como, para uma maior estabilização clínica e melhor qualidade de vida do cliente no domicílio. Nesta medida, cada enfermeiro assume um papel crucial no seio da equipa multidisciplinar e na monitorização do cliente hospitalizado submetido a VNI, bem como, na sua capacitação numa perspectiva de alta e no seu acompanhamento domiciliário, pelo que a este se exige uma prática profissional baseada na evidência e em linhas de orientação (Guidelines) que elevem os cuidados prestados ao cliente a um nível de excelência.

 

OBJECTIVO

Reflectir a prática de cuidados de enfermagem ao cliente submetido a VNI nos seus diversos contextos, com base na evidência científica e em linhas de orientação actuais.

PROGRAMA

PROGRAMA

9 de Dezembro de 2011

8.30 – Abertura do Secretariado

9.15 - Sessão de Abertura:

A Ventilação Não Invasiva: implicações para a Enfermagem
Noninvasive Ventilation: Nursing Implications (MOVIE)

Representante Ordem Enfermeiros | Associação de Enfermeiros | Enfermeiro | Formasau | Enfermeiro Director

 

10. 00 | 11.30 - Mesa 1

ABORDAGEM À PESSOA SUBMETIDA A Ventilação Não Invasiva (VNI) - Moderador: Prof. Dr. Manuel Lopes
Noninvasive Ventilation Person Approach

 

Ventilação Não Invasiva versus Ventilação Mecânica, Ganhos em Saúde - Enfª Ana Ramos | Mestranda
Noninvasive Ventilation vs. Mechanical Ventilation, Health outcomes

Intervenções no Contexto de Internamento do Adulto Idoso - Enfermeiro Vítor Pinto Elderly patients interventions

Intervenções no Contexto de Internamento: necessidades da Criança - Enfermeira Lídia Castro
Children patients interventions

A Monitorização na Unidade de Cuidados Intensivos - Enf. Paulo Gonçalves | Esp. Reabilitação
Intensive Care Unit Monitorization

Discussão


11.30 – Intervalo para Café

12.00 | 12.30 - CONFERÊNCIA 1

Legislação e doente crónico, o caso das pessoas submetidas a VNI - Dr. Lúcia Lemos | Advogada
Legislation and chronically ill, the Noninvasive Ventilation patitients situation

 

12.30 - INTERVALO PARA ALMOÇO


14.00 | 15.30 - Mesa 2
A TRANSIÇÃO DO HOSPITAL PARA CASA - HOSPITAL TO HOME TRANSITION
Moderador:
Prof. Dr. Paulo Queirós

Tratamentos Adjuvantes, o Papel do Enfermeiro na Inaloterapia e Oxigenoterapia - Enfª Dora Santos | Esp. Reabilitação; Docente Pós-Graduação VNI
Adjuvant treatment, the nurse's role in inhalation therapy and oxygen therapy

Linhas de Orientação para a prática profissional - Enfº Vítor Santos | Mestre
Guidelines for professional practice

Formação dos Cuidadores - Prof. João Santos | Mestre
Caregivers Training

Discussão

15:30 - INTERVALO PARA CAFÉ

15.45 | 16.15 - CONFERÊNCIA
EMPREEENDEDORISMO NOS CUIDADOS DE ENFERMAGEM -
Entrepreneurship in nursing care
Enfermeiro Pedro Parreira | Professor Doutor


16.30 – 17.30 – WORKSHOP 2
Sessões Práticas de Cuidados Respiratórios: Apresentação de equipamentos - Empresa Responsável Gasin, Gases Industriais, S.A.

 

10 de Dezembro de 2011

9.20 | 10.45 - Mesa 3
Intervenção na Comunidade -
COMMUNITY INTERVENTION
Moderador: Enfª Directora Catarina Batuca

Ventilação não Invasiva no Domicílio - Enfª. Fátima Caetano | Docente da Pós-Graduação de VNI
Non-invasive ventilation at Home

O Caso das Doenças Neuromusculares - Enf. Nuno Silva | Porto
The Case of Neuromuscular Disease

Estratégias de Articulação com os Cuidados de Saúde Primários - Enfº Pedro Pardal | Esp. Enfermagem Comunitária; Mestre
Strategies Relation to Primary Health Care

11.15 – Intervalo para Café

Coffee break

 

11. 45 – Mesa 4
PNEUMONIA ASSOCIADA AOS CUIDADOS DE SAÚDE -
Health care Associated Pneumonia
Moderador:
Prof. Fernando Amaral

Epidemiologia - Dr. João Gouveia | Unidade Cuidados Intensivos Hosp. Pulido Valente
Epidemiology


Prevenção - Enfº Bruno Miguel Matos | Coordenador da Unidade Cuidados Intensivos Hosp. dos Lusíadas
Prevention


Responsabilidade legal - Palestrante a designar
Legal responsability


 

12:15 | 13:00 - CONFERÊNCIA 2
EMPREENDEDORISMO NOS CUIDADOS DE ENFERMAGEM - Enf. Pedro Parreira | Prof. Dr.

 

13.15 – Intervalo para Almoço

14.30 - COMUNICAÇÕES LIVRES (COMUNICAÇÕES ORAIS)
(FREE COMMUNICATIONS)


15.30 - WORKSHOP 1
Limpeza das vias aéreas - Enf. Manuel Mariz | Prof. da ESEnfC, Especialista de Enfermagem de Reabilitação e Prof. de Mestrado em Enfermagem de Reabilitação

 

16. 30 – SESSÃO DE ENCERRAMENTO
CLOSING SESSION


COMUNICAÇÕES

COMUNICAÇÕES LIVRES (COMUNICAÇÕES ORAIS)
(FREE COMMUNICATIONS (ORAL COMMUNICATIONS)

 

Os trabalhos a apresentar ao Simpósio devem centrar-se e situações relacionadas com o sistema respiratório, pela vertente dos novos desafios que se colocam à saúde das pessoas neste domínio, tendo como referenciais de base a Enfermagem.

Os trabalhos livres poderão ser apresentados sob duas formas:

Comunicações Livres – apresentação oral de 10 minutos com cinco de discussão;

Póster – apresentação em suporte para fixação num placard com 80/115 cm.

 

Esta actividade pretende proporcionar a partilha de diferentes projectos os quais, por desconhecimento ou opção de programa não foram contemplados. Assim, a organização pretende abrir espaço para apresentação de comunicações orais e posteres.

Podem candidatar-se com este tipo de comunicações, enfermeiros e estudantes de Enfermagem (cursos de Licenciatura, cursos de Pós-Licenciatura / Mestrados / Doutoramentos e outros).
Podem candidatar-se:
1. Com trabalhos originais e realizados no âmbito da temática do Simpósio;
2. Individualmente ou em grupo, não podendo ultrapassar os cinco elementos por cada candidatura;
3. Desde que estejam inscritos no Simpósio à data da selecção dos resumos;
4.  Enviando os resumos da(s) comunicação(ões) até às 24 horas dia 27 de Novembro de 2011;
5.  Os resultados serão publicados dia 29 de Novembro até às 20h em www.sinaisvitais.pt;
6. Os resumos de candidatura a apresentação de posteres devem conter as seguintes condições:
a) Nome completo do(s) autor(es), morada, e-mail e contacto do primeiro autor;
b) Nome completo dos restantes autores;
c) No máximo de 250 palavras, onde apresente: breve introdução, objectivos, metodologia, desenvolvimento, conclusões e bibliografia,  conforme modelo disponível em www.sinaisvitais.pt;
d) Enviados por e-mail tendo em conta o modelo proposto;
e)Terão preferência na selecção e na avaliação final os trabalhos que apresentem experiências de serviços, de cuidados e os que apresentem dados empíricos.

 

Aspectos a ter em conta na elaboração do poster:

  • O texto deve ser visível;
  • As dimensões devem ser no máximo de 120/80 cm, impresso na vertical;
  • Ser impresso em Plotter;

Todos os trabalhos seleccionados deverão ser afixados no Auditório, entre as 9.00h e as 10.00 horas do dia 9 de Dezembro de 2011, só podendo ser levantados a partir das 11.00 horas do dia 10 de Dezembro de 2011;

Todos os trabalhos expostos serão objecto de apresentação, junto ao poster, aos elementos do Júri de avaliação em hora a definir e colocada no roteiro de posteres.

 

Critérios de avaliação:

Terão preferência na selecção e na avaliação final os trabalhos que apresentem experiências de serviços e de cuidados e os que apresentem dados empíricos;

Concordância com as características divulgadas para a elaboração das comunicações;

Enquadramento; Criatividade; Inovação; Interesse para a Saúde;

Conteúdo Cientifico relevante;

Metodologia utilizada.

 

DELIBERAÇÕES:

A deliberação sobre os casos omissos, a que o presente regulamento não dê resposta, será da responsabilidade da Comissão Cientifica;

Os candidatos devem aceitar as condições exigidas pela organização, não havendo lugar a reclamações;

Os prémios terão que ser levantados no Sábado, dia 10/12/11 até às 12 horas, perdendo-lhe o direito se não o reclamar;

Os prémios deverão ser utilizados/usufruídos no prazo máximo de três meses após a realização deste evento.

 

MODELO PARA SUBMISSÃO DE POSTERS/ COMUNICAÇÕES (preencher e enviar para Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.)

 

COMISSÕES

 

COMISSÃO CIENTÍFICA

Mestre César Fonseca

Enf. Especialista Fátima Caetano

Enf. Sílvia Nascimento

Mestre Sónia Silveira

Mestre Isabel Nunes

Carlos Margato

Paulo Queirós

João Petetim Ferreira

Arménio Cruz

Luís Oliveira

António Amaral

Rui Margato

 

COMISSÃO ORGANIZADORA

Mestre Rosemeire Ambrozano

Drª Lúcia Lemos

Enf. Especialista Paulo Gonçalves

Enf. Dora Santos

Enf. Natália Malheiro

Paulo Queirós

João Petetim Ferreira

Rui Margato

 

SECRETARIADO

Célia Pratas

Mariana Gomes

Raquel Canais