RIE 26 FEVEREIRO 2019

 

 DOWNLOAD DA REVISTA

ATITUDES DOS ENFERMEIROS NA PESSOA COM COMPORTAMENTOS AUTOLESIVOS OU TENTATIVAS DE SUICÍDIO: UMA REVISÃO INTEGRATIVA DA LITERATURA
Nurses' Attitudes in People with Self-injurious Behaviors or Suicide Attempts: an integrative review of the literature
Atitudes de los enfermeros en la persona con comportamientos autolesivos o intentos de suicídio: una revisión integrativa de la literatura
Rosa Cristina Correia Lopes

BRINCAR, BRINCADEIRAS E BRINQUEDOS: ESTUDO DE CASO NUMA UNIDADE DE SAÚDE FAMILIAR
Play, games and toys: case study in a family health unit
Juego, juegos y juguetes: estudio de caso en una unidad de salud de la familia
Bárbara Machado, Ricardo Castro, Isabel Araújo

CONTRIBUTOS DO REFERENCIAL TEÓRICO DE AFAF MELEIS PARA ENFERMAGEM DE REABILITAÇÃO
Contributions of the theoretical reference of afaf meleis for rehabilitation nursing
Contribuciones del referencial teórico de afaf meleis para enfermería de rehabilitación
Silva, R., Carvalho, A., Rebelo, L., Pinho, N., Barbosa, L., Araújo, T., Ribeiro, O., Bettencourt, M.

BENEFÍCIOS DA MUSICOTERAPIA NO IDOSO COM DEMÊNCIA: REVISÃO INTEGRATIVA DA LITERATURA
Benefits of music therapy in the elderly with dementia: integrating review of literature
Beneficios de la musicoterapia en el anciano con demencia: revisión integradora de la literatura
Cátia Duarte de Jesus Lopes, Rita André, Luís Manuel Mota de Sousa, Isabel Oliveira, Teresa Silveira

EDITORIAL
Numa época em que a longevidade e as doenças crónicas estão em crescimento constante, as novas tecnologias na área da Saúde podem contribuir para um envelhecimento saudável e ativo das populações, com mais anos de vida produtiva e capacidade de intervenção social e familiar e, assim influenciar a qualidade da vida humana.
O desenvolvimento na área da saúde é cada vez mais indissociável das tecnologias e da sua crescente inovação. O seu uso constitui um elemento integrante e indispensável na prática clínica, a ponto da sua incorporação ser projetada como um sinal de avanço neste campo científico.
A elevada complexidade e o constante avanço em todas as áreas da saúde levam a que diariamente sejam criadas e testadas novas tecnologias para melhorar as condições de saúde dos indivíduos, nomeadamente através de estudos clínicos com utilização de dispositivos médicos.
A criação e desenvolvimento de novos dispositivos implica a formação de equipas de saúde e investigação multidisciplinares e, a realização de ensaios clínicos para os testar, exige a realização de um conjunto de procedimentos de elevado rigor científico e o cumprimento de regras ético legais, que permitam verificar o nível de desempenho do dispositivo, determinar eventuais efeitos secundários indesejáveis em condições normais de utilização e avaliar se constituem riscos em função da utilização prevista para o dispositivo.
As competências dos enfermeiros generalistas, mas principalmente dos enfermeiros especialistas, preconizam que no processo da tomada de decisões em Enfermagem e na fase de implementação das intervenções, o enfermeiro incorpore os resultados da investigação na sua prática, mas também deve ser um elemento ativo no campo de investigação, identificando lacunas do conhecimento e oportunidades relevantes de investigação, e investigar e colaborar em estudos de investigação.
Apesar dos avanços nos últimos anos da enfermagem na área da investigação, o paradigma das novas tecnologias na área da Saúde, deve ser considerado um novo desafio para todos os enfermeiros, devendo envolver-se em projetos multidisciplinares e interinstitucionais, e desenvolver investigação experimental e aplicada em tecnologia dos cuidados de saúde para a criação de dispositivos médicos/procedimentos técnicos, mais seguros, eficazes e inovadores, em áreas prioritárias de saúde, e que gere contributos científicos relevantes para o avanço do conhecimento e para alcançar cuidados de saúde de elevado valor.
Para isso, são necessárias mudanças de comportamento profissional, atitude e suporte formativo e mudanças nos sistemas de ensino para qualificar o enfermeiro no campo da investigação clínica, potencializando o seu domínio específico do conhecimento e sua essência de cuidador. O saber crítico decorrente da participação num processo completo de investigação clínica sustentará o avanço da profissão e oferecerá contributos científicos articulados com diferentes campos do conhecimento.

Arménio Cruz