Datas: 11 e 12 de outubro de 2022

Duração: 40h (16 horas de sala de aula + 24 horas de trabalho do formando)
Horário: Segunda e quarta-feira das 09:00 às 13:00h e das 14:00h às 18:00h
Preço: 120€
Formadores: Grupo Reanimasau, Coordenação de António Costa

Objetivos gerais
Promover a intervenção correta na abordagem da via aérea e via aérea difícil, indo ao encontro das competências do formando, seguindo as guidelines e recomendações internacionais instituídas.

 Objetivos específicos
Reconhecer e identificar as estruturas anatómicas da via aérea
Saber avaliar e intervir de forma sistematizada na abordagem da via aérea básica e via aérea avançada de acordo com as suas competências.
Saber prever, identificar e intervir em situações de via aérea difícil e as suas complicações
Conhecer e saber colocar os dispositivos extraglóticos e supraglóticos e suas indicações
Saber aplicar corretamente as manobras associadas à permeabilização da via aérea básica e Avançada
Conhecer e saber colaborar na abordagem da via aérea com o auxílio da laringoscopia
Compreender a importância da gestão dos parâmetros de qualidade na manutenção da via aérea e a prevenção de possíveis complicações associadas
Saber realizar via aérea cirúrgica por cricotirotomia como manobra lifesaving
 Compreender e saber efetuar a confirmação/monotorização por oximetria e capnografia

Enquadramento temático
A manutenção funcional do sistema respiratório e consequentemente da via aérea encabeçam a abordagem do doente critico e é uma das principais responsabilidades do enfermeiro que acompanha o paciente. Eventos de obstrução à passagem de ar aos pulmões espontâneos ou induzidos são comuns durante a prestação de cuidados nas mais diversas situações.
Nesses casos a avaliação imediata da via aérea, a permeabilização e a ventilação são essenciais, para evitar lesões hipóxicas cerebrais e de outros órgãos vitais.
Por outro lado, nos últimos anos foram desenvolvidos novos equipamentos, nossas técnicas e tecnologias evoluídas, que o enfermeiro precisa conhecer e dominar na sua prática profissional, mobilizando saberes e acrescentando competências indispensáveis. De modo a fazer face a estas necessidades, foi desenvolvido o presente curso com uma base sólida e uma elevada componente de simulação prática.

 Conteúdos programáticos
• Módulo I - Apresentação e contextualização
Apresentação, contextualização e importância da via aérea
• Módulo II - Situações problema:
Situações problema
Adjuvantes da via aérea
• Módulo III - Workshop's:
Workshop 1 e 2: Demonstração dos dispositivos
• Módulo IV - Prática simulada:
 Bancas Práticas

Destinatários
 Enfermeiros

Número de formandos
A formação realiza-se com o número mínimo de 6 formandos e máximo de 24 formandos

Modalidade de formação
O curso decorrerá em formato presencial, na sala de formação Sinais Vitais, sita no Parque Empresarial de Eiras, lote 19, 3020-265 Coimbra.

Metodologias de formação
No que diz respeito aos métodos de trabalho o curso está estruturado da seguinte forma:
Ensino teórico (T) e teórico-prático (TP):
o Apresentação de conceitos; debates, demonstração prática das características, manuseamento, programação e monitorização de cuidados.
Tempo de trabalho do formando (TF):
o Aplicação dos conceitos adquiridos. Pesquisa e recolha de informação. Desenvolvimento do raciocínio lógico e do espírito crítico na análise e resolução de problemas reais.
o Salientar aqui que as sessões a decorrer em formato presencial serão as sessões práticas.

Metodologias de avaliação
Avaliação teórica.
A aprovação no curso corresponde a uma classificação final expressa na escala numérica inteira de 0 a 20 valores e igual ou superior a dez (10) valores.

Regras de assiduidade
o A assiduidade dos formandos é verificada através da assinatura das folhas de presença em cada sessão. Para efeitos de aproveitamento e emissão do certificado, a participação do formando na ação deve ser de 100% da duração total da formação.

Método seleção de candidatos
Os candidatos a admitir serão selecionados pela ordem de inscrição e análise dos Currículos Vitae.

Recursos pedagógicos
Serão disponibilizados aos formandos os seguintes materiais:
em suporte informático: dispositivos de apresentação, fichas de trabalho, textos de apoio, outros que se reconheçam como necessários

Equipa pedagógica
Gestor: Célia Pratas
Coordenador Pedagógico: Carlos Margato
Coordenador Técnico-científico: Enfº António Costa
Formadores: Grupo Reanimasau

Recursos físicos
o Para as aulas, presenciais, a Formasau tem no seu espólio todo o material necessário à prossecução da sua missão: Meios Audiovisuais (computadores e projetores multimédia) e todos os instrumentos para os exercícios práticos.

Recursos didáticos
Recursos didácticos/meios/equipamentos:
Meios Audiovisuais (computador e projector multimédia);
Material de apoio (lista bibliográfica, textos); 
Estratégias de ensino aprendizagem (método expositivo, trabalhos de equipas, simulação clínica, debate).
• Lista de material para formação avançada em Urgência / Emergência:
Equipamento de proteção individual e Álcool gel
Via aérea básica e Via aérea avançada
Material de perfusão e Material de administração de fármacos
Manequim simulador via aérea
Manequim simulador SAV

Inscrição:
Condições de Candidatura:
-Preenchimento de ficha de candidatura, disponível em www.sinaisvitais.pt

Observações:
Ação de formação acreditada pela Ordem dos Enfermeiros, para efeitos de Qualificação Profissional, com a atribuição de 1.8 Créditos de Desenvolvimento Profissional